Seja reconhecido por uma gestão consciente e sustentável

Divulgação

Uma gestão consciente e sustentável prevê, em seu plano de governo, ações práticas para preservação do meio ambiente. E elas podem englobar diversas iniciativas como o estímulo ao consumo de produtos responsáveis e, no ato de compras públicas, priorizar aqueles que possuem o “selo verde”.

E o que é esse selo? Trata-se da  certificação florestal da FSC Brasil (Forest Stewardship Council – Conselho de Manejo Florestal), organização independente, não governamental, sem fins lucrativos que, desde 2001 com sede em São Paulo, contribui para promover o manejo florestal responsável no país. São três modalidades de certificação: Manejo Florestal, Cadeia de Custódia, Madeira Controlada.

Hoje, mais de 7,6 milhões de hectares brasileiros são certificados na modalidade de manejo florestal e 1067 certificados em cadeia de custódia.
Mais de 60 organizações, incluindo governos estaduais, pertencem ao Grupo de Compradores de Madeira Certificada. Ou seja, são gestores que assumem o compromisso de dar preferência ao produto certificado com o selo FCS Brasil. A iniciativa é voluntária e deve cumprir uma série de padrões internacionais baseados em 10 princípios que regem o manejo florestal em todo o mundo.

De acordo com o FSC, quando se identifica o selo no produto, sabe-se que a floresta da qual ele é oriundo está sendo explorada de acordo com as leis vigentes e de forma correta do ponto de vista ecológico, social e econômico, diferenciando o produto e agregando valor.

Por isso, o comprometimento com uma gestão responsável pelos recursos florestais impulsiona o desenvolvimento regional, estimula hábitos na cultura munícipe, reduz o desmatamento da Amazônia e traz ganho à comunidade. É também uma garantia de consumo consciente e também de fortalecer a imagem e a credibilidade do munícipe que adota boas práticas.

Com informações do br.fsc.org.