USP promove segunda edição da feira de profissões on-line

Um dos maiores e mais tradicionais eventos da USP na área de extensão e relacionamento com a sociedade, a Feira USP e as Profissões, vem sendo marcada, há 20 anos, por uma intensa
participação de jovens em busca de futuro profissional. A cada edição, o público tem contato com professores e pesquisadores, além de estudantes universitários, possibilitando conhecer de perto os cursos e carreiras, tirar dúvidas e ampliar horizontes.

Também são oferecidas atividades culturais, exibições de acervos, orientação vocacional e informações de políticas de acesso e permanência estudantil.

Em 2020, diante da pandemia de covid-19, a Universidade se viu com o desafio de preparar um evento com os mesmos conteúdos, porém de forma digital. Por não ser presencial, USP e as Profissões foi realizada em edição única, abrangendo todos os campi da USP.

Na ocasião, mais de 1 milhão de pessoas tiveram acesso à primeira edição virtual do evento, expandindo o alcance para outros estados e para diversos países em uma ação de democratização do ensino público e de redução da evasão escolar. Em um comparativo com as duas versões presenciais de 2019, uma na capital e outra no interior de São Paulo, houve um aumento de mais de 1000% em participação.

Com o sucesso alcançado e as restrições ainda necessárias para grandes eventos presenciais, em 2021 o evento será oferecido mais uma vez nos moldes digitais. Nos dias 2 e 3 de setembro de 2021, todas as unidades de ensino e pesquisa, museus e institutos estarão compondo uma programação dinâmica e interativa.

Serão  lives, bate-papos, vídeos exclusivos e conteúdos culturais, sempre oferecendo ao público informações e atividades elaboradas pelas equipes de seus 142 cursos, em oito campi, além dos museus e órgãos de cultura.

A participação no evento é totalmente gratuita e não demanda inscrições prévias, bastando acessar o site uspprofissoes.usp.br.

Para a professora Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado, pró-reitora de Cultura e Extensão Universitária da USP, o formato digital se comprovou eficaz para  ampliar o alcance da feira. “Esperamos em breve novamente receber presencialmente o público em nossos espaços, mas certamente manteremos também o oferecimento de conteúdos online, que chegam para aqueles que estão mais distantes sem as barreiras do deslocamento. A enorme quantidade de acessos na edição de 2020 demonstra a demanda que existe por estas informações entre os jovens e nosso comprometimento é democratizar cada vez mais o acesso à Universidade”, afirma.

A pró-reitora ressalta ainda o trabalho da equipe e das unidades de ensino para garantir a qualidade e o dinamismo da Feira. “Não se trata apenas de um mero site com textos e vídeos”, explica. “Todo o conteúdo está sendo montado de forma específica para o evento, com muitas horas de transmissões ao vivo, interações, vídeos e atividades produzidos exclusivamente para esta edição”.

“Os bastidores das ciências do mar: curiosidades biológicas e experiências pessoais de um cientista”; “Oficina de extração de DNA”;  “A arte no preparo de medicamentos: o papel da farmacotécnica e nanotecnologia”; “Seminário: Arquitetura de Computadores”; “Empreendedorismo e Startup”; “As cavernas e as Geociências”; e “A carreira do internacionalista” são algumas das dezenas de palestras e oficinas que os estudantes poderão conferir na Feira USP e as Profissões.

As atividades culturais também serão contempladas. A partir de bate-papos, os participantes poderão conhecer diversas atividades que são oferecidas no Parque CienTec, incluindo Planetário, brinquedos de física e outras atrações. Haverá diversas atividades com Coralusp, como o projeto Quarentécnica que traz técnicas vocais preparadas pelos especialistas e lives e vídeos sobre o músico de orquestra com a Osusp, entre diversas outras atrações.

Entre as atrações mais procuradas nas edições anteriores, o “Show da Física” e a Orientação Profissional do Instituto de Psicologia (IP) da USP também estarão na edição digital. O primeiro traz experimentos lúdicos, há mais de 25 anos, de forma descomplicada para os estudantes. Já a orientação vocacional terá estande virtual próprio para auxiliar os jovens na procura de sua profissão.

FONTE: Governo de São Paulo

FOTO: USP / Divulgação