TSE e lideranças religiosas firmam parceria em prol do diálogo e da paz nas Eleições 2022

Em busca do diálogo saudável e do livre trânsito de ideias e propostas dentro do processo eleitoral das Eleições 2022, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) procura canais de diálogo com as mais diversas instituições públicas e privadas do país. Para dar seguimento a esse objetivo, o TSE e representantes de diversas religiões vão assinar, nesta segunda-feira (6), acordos de cooperação para realizar ações e projetos no sentido de preservar a normalidade e o caráter pacífico do pleito de outubro.

A iniciativa partiu de conversas que levaram em conta a vasta extensão das agendas que une todo o povo do Brasil. Ficou claro que todas as pessoas, independentemente da origem ou crenças, buscam uma vida plena, próspera, rica em respeito mútuo e harmonia, e que o voto livre e consciente é o meio mais seguro para alcançar essa meta.

Os termos de cooperação, que não têm prazo de vigência pré-determinado, preveem que as lideranças religiosas se comprometam a promover ações de conscientização sobre a tolerância política, a legitimação do pensamento divergente e exclusão da violência durante as pregações, sermões e homilias, ou ainda em declarações públicas ou publicações que venham a fazer. Os documentos também propõem que seja repercutido o material produzido pelo TSE com esse teor.

A assinatura dos termos de cooperação acontecerá às 15h, no Salão Nobre do TSE, em Brasília.

FONTE: TSE

FOTO: TSE