google-site-verification=5BGpbdF08vON49LcQf9Vy7UopwqF6q53r5gWkQnosGU

PATRIOTA MULHER

O PATRIOTA - Mulher surgiu da necessidade de aumentar a atuação feminina com o objetivo de reconhecer a importância do papel da mulher na política e dentro do partido. Sabemos que é um grande desafio para toda mulher assumir mais responsabilidades, dentre as inúmeras que já administra, mas também reconhecemos nossa capacidade e força para encarar novos desafios. A ausência de mulheres nos cargos de poder dificulta o  debate  em torno de questões fundamentais, como saúde, educação e segurança pública. Já a presença de mulheres na política amplia o diálogo em torno de questões relacionadas às pautas femininas. Hoje o avanço das mulheres na ocupação do espaço público ainda caminha lentamente. Por isso a nossa meta é fazer do PATRIOTA um diferencial. Buscando mulheres protagonistas que atuem afetivamente em cargos e posições de destaque. O Nosso partido quer unir forças, dar voz as mulheres, discutir temas importantes para melhorar e aumentar a atuação feminina. Lembre-se: Não existe limite para aquilo que nós mulheres conseguimos alcançar.

NOSSAS METAS

- Lutar pela participação da mulher nas instâncias de poder;

- Promover o empoderamento das lideranças femininas do PATRIOTA;

- Ampliar a Participação e representação da mulher na política;

- Buscar mulheres atuantes e desperta-las para a politica;

- Conhecer de perto as necessidades e especificidades de cada uma;

- Buscar representantes em todas as esferas para pensarmos em leis e projetos em prol das mulheres;

- Manter um diálogo para que todas participem com sugestões, críticas e experiências que deram certo em suas regiões;

- Incentivar para que os diretórios do estado tenham presidentes femininas atuantes;

- Identificar mulheres líder:

MULHERES NA POLÍTICA

Você sabia que todo partido político deve ter, no mínimo, 30% de candidatas mulheres para disputar as eleições? Esta obrigação é prevista pela Lei nº 9.504/97, que estabelece as normas para as eleições. De acordo com o artigo 10º, parágrafo 3º, cada partido ou coligação deve preencher, nas eleições proporcionais, o mínimo de 30% e o máximo de 70% para candidaturas de cada sexo. O número de mulheres eleitas em 2018 cresceu 52,6% em relação a 2014. Ao todo, 290 candidatas foram escolhidas, representando 16,20% do total de eleitos. As mulheres compõem a maior parte do eleitorado brasileiro, mas ainda estão longe de conseguir se eleger na mesma proporção dos homens. Segundo dados do Cadastro Eleitoral, são mais de 77 milhões de eleitoras em todo o Brasil, o que representa 52,5% do total de 147,5 milhões de eleitores. Desse número, apenas 9.204 (31,6%) mulheres concorreram a um cargo eletivo nas Eleições Gerais de 2018. Segundo o Inter-Parliamentary Union, o Brasil é um dos piores países em termos de representatividade política feminina, ocupando o terceiro lugar na América Latina em menor representação parlamentar de mulheres. No ranking, a nossa taxa é de aproximadamente 10 pontos percentuais a menos que a média global e está praticamente estabilizada desde 1940. Isso indica que além de estarmos atrás de muitos países em relação à representatividade feminina, poucos avanços têm se apresentado nas últimas décadas. Ou seja, ainda caminhamos lentamente na direção do ideal. Mas juntas podemos fazer um cenário bem diferente.

SUÉLLEN ROSIM

PRESIDENTE ESTADUAL DO PATRIOTA MULHER

Com muito entusiasmo assumi a presidência do PATRIOTA Mulher no estado de São Paulo, porque acredito muito no nosso potencial e o quanto podemos fazer a diferença na sociedade como um todo, especialmente na política. Nós mulheres somamos força e sensibilidade. Sou jornalista, descobri a paixão pela profissão em 2010. E no mesmo ano, entrei para o time de profissionais da TV GLOBO. Fui Repórter e Apresentadora da TV TEM – Afiliada da Rede Globo no interior de São Paulo onde permaneci por oito anos. Passei por cidades importantes do estado como Araçatuba, São José do Rio Preto, Sorocaba, Itapetininga e Bauru onde apresentei durante os últimos anos o principal telejornal da casa, o TEM NOTÍCIAS 2ª Edição. Foi durante esse período que percebi que poderia fazer a diferença no cenário político e lutar pelo meu estado. Ir além da reportagem. Sendo mulher, assim como você, também enfrentei grandes desafios dentro e fora da televisão. Em 2018 fui candidata à deputada estadual e hoje sou deputada Estadual Suplente e presidente Estadual do PATRIOTA Mulher. Essa trajetória vem sendo escrita com muita garra e determinação. Compartilhando um pouco da minha história, quero encorajar você a encarar os desafios que a vida te propõe. Lugar de mulher é onde ela quiser. E a politica precisa de nós. Faça parte do PATRIOTA Mulher.

Com carinho,

Suéllen Rosim – Presidente Estadual Patriota Mulher.

QUER FAZER PARTE DO PATRIOTA MULHER?

ENTRE EM CONTATO CONOSCO

(17) 3234-2468